Próximo Hackday: 12 de Maio!

Vamos juntar-nos outra vez para matar as saudades de hackar pela cidadania!

Vai ser no dia 12 de Maio, sábado, a partir das 14:00 na Gesto (Rua José Falcão 107).

Para além de apresentações informais e demos, seguiremos o hábito de dedicar tempo q.b. a um hackday propriamente dito, com gente a sacar de laptops e a trocar impressões sobre as coisas interessantes que dá para fazer com informação pública.

Vai ser um momento de reencontro entre o pessoal do Transparência (que já não se reúne há meses e tem muita coisa nova para falar), por isso é a altura ideal para vir saber (e participar n’) o que se tem andado a fazer nos campos de open data/open government e amigos.

Haverá lugar a algumas apresentações e demos, bem como conversas e sprints de trabalho à volta de vários temas:

Demo.cratica v2
Ana Carvalho
Ricardo Lafuente

Depois da primeira versão, reformulámos partes da nossa abordagem e temos estado ocupados a preparar uma nova versão, que queremos mostrar-vos no dia 12. Temos uma data de coisas novas (e fixes) para revelar, bem como os próximos passos para conseguirmos ter um bom catálogo do que se disse no Parlamento. Pra isso, vamos convidar-vos para uma pequena hack session de catalogação de dados tarde adentro (hint: vai ser divertido).

http://demo.cratica.org
http://manufacturaindependente.org

Paraondevaiomeudinheiro, dados legislativos, TransparencyCamp2012
Nuno Moniz

O Nuno Moniz tem-se dedicado afincadamente às artes obscuras das bases de dados e das redes semânticas, tendo já congeminado o ParaOndeVaiOMeuDinheiro; como parte do seu trabalho de mestrado, está agora a escavar no Diário da República, atrás do santo graal da organização semântica dos dados legislativos. E no final do mês estará de partida para Washington para participar do Transparency Camp 2012, pelo que terá muito que mostrar.

http://www.nunomoniz.com/orcamento
http://www.nunomoniz.com/orcamento/acores

Parliament Watch
Inês Santos Silva

O Parliament Watch é um projecto de ligação entre os deputados e os cidadãos, proporcionando uma forma de colocar perguntas aos deputados e receber respostas. Na Alemanha, o site está bastante activo e com muito relevo, tendo até sido motivo de demissões.
A Inês Santos Silva, empreendedora com E grande e ponta-de-lança dos Startup Pirates, vai apresentar-nos o projecto, bem como expôr e discutir formas possíveis de criar uma iniciativa semelhante em Portugal.

http://www.abgeordnetenwatch.de/international-248-0.html
http://www.startuppirates.org/

CasasTristes

Já há algum tempo que existem conspirações independentes para planear uma forma de mapear as casas devolutas nos grandes centros urbanos. Aproveitando a notícia da lista de casas devolutas publicada pela CML, vamos juntar-nos para imaginar como podemos trazer algo como o CasasTristes.org para a nossa realidade local.

MySociety

A MySociety está a começar uma iniciativa para reproduzir os seus sites noutros locais, oferecendo para isso todo o seu código e ajuda para o implementar. Estamos a falar da organização responsável pelos http://fixmystreet.com/ http://theyworkforyou.com/ e http://whatdotheyknow.com/. Think about it.

Se puderes, há coisas que dará muito jeito trazer:

  • cabos ethernet (vulgo cabos de rede; se aparecer muita gente, a wifi pode não chegar)
  • extensões eléctricas, traz uma para não teres de depender da dos outros
  • vamos levar algumas coisinhas para trincar, bem como sumos, chás e cervejas para aguçar o espírito; se fores esquisito/a, traz a tua comida e bebida de eleição
  • caneca, gastar copos de plástico é triste (e temos poucos)

Já deu para abrir o apetite para voltar aos open data hackings? Então marca já dia 12 de Maio na tua agenda, reserva a tua tarde e a hora de jantar, que também haverá planos!

(Fotos: Open Government Camp 2011 @ Varsóvia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *