Quarenta anos de Abstenção

40-Anos-de-Abstencao

Já há algum tempo que nos temos interessado pelo assunto da abstenção e da participação real nos atos eleitorais.

No ano passado, publicámos uma Abstenção nas eleições europeias 2009 e 2014, em Portugal com o objetivo de ilustrar a verdadeira proporção dos votos face à população, e não apenas ao número de votos expressos. A ideia é compreender e conseguir visualizar a proporção da população que permitiu eleger cada governo, e destacar o papel que a abstenção tem nesse processo ao deixar que outras pessoas — às vezes até uma minoria da população — decidam quem nos governa.

Agora, depois de algum esforço de recolha e limpeza, usámos o nosso novo Central de Dados: dataset dos resultados das eleições legislativas para uma nova forma de ver o peso da abstenção.

Em Quarenta anos de Abstenção, a nossa nova visualização dos resultados eleitorais nas legislativas, procurámos mostrar da melhor forma a disparidade entre a percentagem de votos obtidos por cada partido e a sua proporção face à população em geral.

…e no dia 5 de outubro, já estará atualizada com os resultados das eleições de amanhã — com dados abertos, é tudo mais fácil!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *